Fluxo sanguíneo cerebral reduzido em portadores de DMD

Portadores de distrofia muscular de Duchenne que também sofrem de dificuldades de aprendizagem e comportamentais possuem fluxo sanguíneo cerebral mais baixo em comparação com rapazes saudáveis, conforme a pesquisa científica Decreased cerebral perfusion in Duchenne muscular dystrophy patients, publicada na revista Neuromuscular Disorders, em janeiro de 2017.

Os resultados do estudo científico indicaram também que a perfusão cerebral reduzida se dá independentemente do volume diminuído de massa cinzenta, visto que, segundo outra pesquisa dos mesmos autores (Reduced cerebral gray matter and altered white matter in boys with Duchenne muscular dystrophy), essa diminuição de massa cinzenta e um menor volume total de cérebro estão presentes no portador de DMD com distúrbios de aprendizado e de comportamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *