Ambulatório de Distrofia

“É a segunda clínica especializada no Brasil

Para auxiliar a retardar a evolução dessas doenças genéticas, causadas pela fraqueza progressiva e degeneração dos músculos, e melhorar a qualidade de vida dos pacientes, a UNICID possui um Ambulatório de Distrofia, que oferece atendimento clínico neurológico e multidisciplinar gratuito, incluindo avaliação de fisioterapeutas com sugestões de exercícios para serem praticados em casa, acompanhados por especialistas. Trata-se da segunda clínica especializada no Brasil.

“As pessoas com distrofia costumavam morrer até os 24 anos por insuficiência respiratória ou cardíaca. Mas hoje, com o tratamento adequado, há a possibilidade de se melhorar a vida dos pacientes e retardar a progressão dessa doença, que, infelizmente, ainda não tem cura. É este trabalho que desenvolvemos na Universidade”, explica Arnaldo Godoy, coordenador do Ambulatório.

Os atendimentos do Ambulatório de Distrofia acontecem todas as quartas-feiras, das 13h30 às 16h30. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone [11] 2178-1240.”

2 Respostas

  1. Vera Lucia da Cruz disse:

    Achei interessante pois tenho uma sobrinha com distrofia de cintura não estamos conseguindo tratamento adequado para ela. Ela esta com 16 anos e anda um pouco na ponta dos pés não tem força para levantar e para erguer os braços estamos aflitos com a situação ela esta sendo acompanhada no hospital das clinicas a 7 anos porem ate hoje não teve nenhuma medicação ou exames para saber de fato que se trata de distrofia de cintura. Ela consegui judicialmente o exame de Exoma mas já esta fazendo 9 meses e não foi cumprido pelo estado esta determinação judicial.Infelizmente se trata as pessoas no Brasil e principalmente o pobre e ainda doente como se ele não significasse nada. Recursos Humanos qual a finalidade e a definição correta só vejo eles defendendo os que estão encarcerados sera sem motivo? Desculpa o desabafo é de sofrimento.

  2. Estevão Augusto disse:

    sim, infelizmente no nosso país o cidadão tem uma avalanche de deveres e apenas alguns direitos.
    lamentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *