Supletivo à distância

Não me lembro bem se foi aos 18 ou aos 21 anos que entrei no supletivo na modalidade EAD (ensino à distância), no Colégio Paralelo (parece que atualmente esse curso foi extinto lá) aqui em São Paulo, afinal, isso faz mais de dez anos. Entretanto, o que me recordo muitíssimo bem é da maneira compreensiva e atenciosa que sempre fui tratado lá. Por isso, se você, assim como eu, não pôde cursar o ensino fundamental e o ensino médio de forma convencional, recomendo que se faça esse tipo de supletivo, porque, se conseguir encontrar uma escola como foi a minha, será uma experiência recompensadora.

4 Respostas

  1. Junior disse:

    Estevão, disponibilizo aqui o endereço da Associação Brasileira de Ensino à Distância (ABED), para que os leitores do DD possam consultar locais e disponibilidades de supletivo à distância. Abraço!

    http://www.abed.org.br/

  2. Estevão Augusto disse:

    boa ! valeu .
    abraço .

  3. […] conhecimentos básicos de informática. [Ainda bem que a minha mãe me incentivou a completar o supletivo do 2o. grau, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *