Os Melhores Dias de Nossas Vidas (Inside I’m Dancing, 2004), de Damien O’Donnell

O título aí de cima se refere a um filme irlandês no qual um rapaz portador de Distrofia Muscular de Duchenne (papel do hoje conhecido ator James McAvoy) e outro portador de paralisia cerebral se tornam amigos quando o primeiro passa a habitar o mesmo asilo em que o último vive. Dessa amizade surgem muitas aventuras, pois o distrófico é meio punk revoltado e do tipo desbravador, levando, inclusive, seu recente amigo a dividir um apartamento com ele, sendo que eles ficam morando sozinhos e de forma independente, contando apenas com o serviço de cuidadores durante meio período. Haja coragem, não é?

Será que existem outros filmes que tratem da DMD, mesmo que superficialmente? Nunca ouvi falar…

4 Respostas

  1. Marco Moura disse:

    Este filme é bom, já assisti e recomendo, vai além da DMD e passa uma mensagem muito legal de superação..

    o difícil foi segurar as lágrimas, ao imaginar o que temos pela frente… mais foi uma maneira de saber como é o cotidiano com a DMD .

    t+ 😉

  2. Estevão Augusto disse:

    realmente, é um filme muito edificante. Mas também trágico, como você disse.
    Abraço.

  3. Eduardo Sousa disse:

    Existe um filme muito bom. Mas é chocante principalmente para quem tem filho com DMD, que é o meu caso. Me identifiquei muito com o desespero do pai no filme. Dizem que é baseado em fatos reais. O filme chama Decisões Extremas, ou alguns sites está com o título Medidas Extraordinárias. É com o Harrison Ford no papel de um cientista. Como disse o amigo em comentário anterior: “difícil foi segurar as lágrimas”.

  4. Estevão Augusto disse:

    realmente é excelente porém no filme não é DMD mas pompe.
    abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *