Suecos criam notebook controlado pelo olhar

02/03/2011 – 11h00
DIÓGENES MUNIZ
ENVIADO ESPECIAL A HANNOVER

Movimentar objetos com o poder dos olhos. É esse o alvo dos produtos da companhia sueca Tobii Technology, cujo protótipo mais popular foi revelado na feira de tecnologia Cebit, em Hannover (norte da Alemanha).

Em parceria com a fabricante de computadores pessoais Lenovo, a empresa produziu um notebook que não precisa teclado ou trackpad (retângulo usado em laptops para fazer as vezes do mouse). É o primeiro laptop do mundo a funcionar a partir de rastreamento do olhar.
Diógenes Muniz/Folhapress
Visitante da Cebit avalia notebook da companhia sueca Tobii, que funciona por controle ocular
Visitante da Cebit avalia notebook da companhia sueca Tobii, que funciona por controle ocular e não precisa de teclado

Basta calibrar a velocidade do seu olho (o processo leva menos de 10 segundos) e começar a acessar pastas e movimentar janelas sem usar as mãos.

A reportagem testou duas aplicações do laptop: um game parecido com o clássico “Space Invaders”, em que é preciso atirar em meteoritos que ameaçam a Terra, e o controle de um mapa virtual. Em ambos os casos, a resposta da máquina foi imediata e o uso, intuitivo.

No caso do jogo, após algum tempo de partida fica cansativo não poder mirar outro lugar que não a tela (e ao fazer isso, você invariavelmente estará perdendo a partida e condenando a raça humana ao extermínio).

RUMO AO MERCADO

A empresa não descarta o uso deste tipo de aplicação com periféricos já existentes, como o teclado.

“Agora, precisamos fazer modelos mais baratos e menores. Acredito que isso pode ser atingido em dois anos”, diz Henrik Eskilsson, diretora-executiva da Tobii. Cerca de US$ 2 milhões foram gastos no desenvolvimento da tecnologia desde 2006. Por enquanto, só existem 20 exemplares deste notebook no mundo.

“Este protótipo é a prova de que a tecnologia de rastreamento de olhar é madura o bastante para ser usada em computadores com interface padrão”, diz Eskilsson.

Fonte: www1.folha.uol.com.br/tec/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *