Distrofia muscular de Duchenne: complicações respiratórias e seu tratamento

Jakeline Godinho FONSECA
Marcella Jardim da Franca MACHADO
Cristiane Leal de Morais e Silva FERRAZ

Universidade Católica de Goiás, Departamento de Fisioterapia. Av. Universitária, 1069, Setor Universitário, 74605-010, Goiânia, GO, Brasil. Correspondência para/Correspondence to: J.G. FONSECA.

R E S U M O
A Distrofia Muscular de Duchenne é um distúrbio genético ligado ao cromossomo
X, que afeta principalmente crianças do sexo masculino. Caracteriza-se pela
degeneração progressiva e irreversível da musculatura esquelética, levando a uma
fraqueza muscular generalizada, sendo as complicações respiratórias as principais
causas de morte. Desta forma, torna-se relevante conhecer as possíveis
complicações respiratórias que acometem os portadores de Distrofia Muscular
de Duchenne, bem como os diversos tratamentos utilizados para diminuir a
morbidade e melhorar a qualidade de vida destes pacientes. Este artigo foi
construído por meio de levantamento bibliográfico, especialmente de artigos
científicos pesquisados em bases de dados (MedLine, Lilacs, Capes, Pubmed,
SciELO), usando como critério de busca os descritores Distrofia Muscular de
Duchenne, transtorno respiratório e terapia respiratória. Verificou-se que existem
controvérsias quanto à indicação de exercícios físicos e de treinamento de força
e resistência muscular no tratamento das complicações respiratórias associadas à
Distrofia Muscular de Duchenne. O tratamento adequado e a prevenção destas
freqüentes complicações amenizam os sintomas, melhorando a qualidade de
vida e diminuindo a alta morbidade e a morte precoce desses pacientes.
Termos de indexação: Distrofia muscular de Duchenne. Insuficiência respiratória.
Terapia respiratória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *